Jornal do Iririú

  • Compromisso com a Comunidade - Periodicidade mensal – circulação última semana do mês.

 

Jornal DE PIRABEIRABA

  • A voz da Comunidade - Periodicidade mensal circulação última semana do mês

 

Fones: (47) 3025-4832  - 99110-4832 (WhatsApp)

E-mail  imprensa@jornalbairros.com.br

www.facebook.com/jornaldoiririu

www.jornalbairros.com.br

© 2018 por Jornal Bairros. Todos Direitos Reservados - Jornal do Iririú

(47) 3025-4832

  • Sérgio Luís

Sábado, 4 de maio Dia D de vacinação contra a gripe

As salas de vacinação das unidades de saúde de Santa Catarina estarão abertas no próximo sábado, 4, durante o dia, para vacinar os grupos prioritários contra a gripe. A Campanha de Vacinação começou no dia 10 de abril, mas até o momento apenas 17,83% do público-alvo se imunizaram contra a doença. O prazo final para tomar a dose é dia 31 de maio.

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS) é de vacinar, ao menos, 90% da população total dos grupos prioritários que, em Santa Catarina, é de mais de dois milhões de pessoas (2.000.034).



Dia D de vacinação contra a gripe será neste sábado, 4 de maio

De acordo com a gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, é importante que toda a população dos grupos prioritários procure uma unidade de saúde “As pessoas que fazem parte desses grupos têm mais chances de ter complicações decorrentes da gripe, podendo até morrer. Por isso, a importância de se imunizar”, explica a gerente.

Este ano, crianças com idade até 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias) também serão vacinadas, conforme orientação do Ministério da Saúde. Em 2018, a vacina foi oferecida somente para crianças com até 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das forças armadas) também têm direito à vacina contra a gripe a partir deste ano. A decisão foi tomada pelo MS tendo em vista que eles são expostos em atividades de risco, em locais de aglomerações, um dos principais fatores de propagação do vírus da gripe.

  • página facebook