Jornal do Iririú

  • Compromisso com a Comunidade - Periodicidade mensal – circulação última semana do mês.

 

Jornal DE PIRABEIRABA

  • A voz da Comunidade - Periodicidade mensal circulação última semana do mês

 

Fones: (47) 3025-4832  - 99110-4832 (WhatsApp)

E-mail  imprensa@jornalbairros.com.br

www.facebook.com/jornaldoiririu

www.jornalbairros.com.br

© 2018 por Jornal Bairros. Todos Direitos Reservados - Jornal do Iririú

(47) 3025-4832

  • Sérgio Luís

Banda de Joinville campeã em concurso realizado em Gaspar

Em sua 33ª edição, o Concurso de Bandas e Fanfarras da Cidade de Gaspar reúne todos os anos músicos da região Sul para uma competição com muita música, dança e história. Este é o concurso mais antigo de Santa Catarina que envolve bandas e fanfarras. O evento foi realizado no Ginásio João dos Santos, no último sábado, dia 13 e reuniu cerca de 20 equipes.

Com disputas acontecendo o dia todo, o evento durou 12h com a premiação realizada à noite. Divididas em doze categorias técnicas e em quatro faixas etárias, os participantes foram avaliados por uma banca de jurados que analisaram a musicalidade, os comandos, e outras técnicas referentes a cada categoria. Foram mais de vinte bandas inscritas e 800 pessoas envolvidas.

No dia de competição, a Banda Escola Municipal CAIC Professor Desembargador Francisco José Rodrigues de Oliveira , do município de Joinville, surpreendeu o público e os jurados de forma positiva e levou para casa três prêmios: corpo coreográfico, baliza e mor de comando.

Banda Escola Municipal CAIC Professor Desembargador Francisco José Rodrigues de Oliveira

O troféu de Maestro ficou para o regente da corporação ALAM, de Lages. Já os troféus gerais para categoria “linha de frente bandas de sopro” e “bandas e sopro” ficaram para a Banda Municipal de Itapema – BMI. Nas categorias “linha de frente bandas de percussão” e “bandas de percussão” os troféus gerais ficaram para Itadrums, também de Itapema, que também foi contemplada com o troféu transitório por conta da sua maior pontuação musical do campeonato. Gaspar teve a banda Corporação Musical Ivo D Aquino como representante, em que a banda realizou uma apresentação especial no evento. Outras sete categorias técnicas foram premiadas. Para Bruna Eloisa Basei, coordenadora do evento, o saldo final foi positivo. “Fizemos um evento para as bandas de todo o sul do país e acredito que todos saíram daqui satisfeitos com a receptividade gasparense e com o impecável evento organizado”, afirma Bruna. Realizado pela Liga Catarinense de Bandas e Fanfarras, em parceria com a Prefeitura Municipal de Gaspar, por meio da Fundação Municipal de Esporte e Lazer e da Diretoria de Cultura, o concurso tem como objetivo estimular e promover o desenvolvimento artístico, cultural e a formação sociocultural dos participantes. Bruna salienta que o concurso visa incentivar as corporações musicais a aprimorar seus métodos e técnicas chamando atenção para a categoria. “Queremos difundir e divulgar essa cultura tão tradicional de bandas e fanfarras, e também gerar um momento de confraternização e ajudar o turismo da cidade”, explica Bruna. O concurso faz parte da história do município e é um evento referência para o Estado. As edições geram um momento de visibilidade para a cidade, tanto na parte cultural quanto no turismo. Norberto Matte, diretor de Turismo, argumenta que essa circulação de pessoas é de extrema importância para deixar o nome de Gaspar em evidência na região sul do país. “Já é uma marca de Gaspar, estamos na 33ª edição, e por consequência o evento gera uma movimentação no turismo e na economia do município por conta desse tráfego de turistas que podem desfrutar das opções de lazer que Gaspar proporciona”, garante o diretor de Turismo. Neida Beduschi, diretora de Cultura do município, ressalta a importância do concurso para essa modalidade já que incentiva a criação de novas bandas e fanfarras e perpetua essa modalidade no município. “O evento gera um intercâmbio entre as pessoas, criando amizades e vínculos entre os participantes além de gerar sensibilidade pela música”, salienta. O 33º Concurso é interestadual, e serve como uma seletiva para o Confabansul – Concurso de Fanfarras e Bandas Sul Brasileiro.

  • página facebook